40 Graus aquece as negociações entre lojistas e expositores já no primeiro dia

Em clima de otimismo, feira que cresceu  em torno de 15% no número de expositores em relação a edição passada, avança negociações setoriais no primeiro trimestre de 2015

Com excelentes expectativas abre a terceira edição da  40 Graus – Feira de Calçados e Acessórios, realizada no Centro de Convenções de Natal, no Rio Grande do Norte. A feira iniciou nesta segunda-feira (09) e segue até quarta-feira (11), apresentando coleções desenvolvidas especialmente para o varejo das regiões norte e nordeste do país. “Com a acentuada movimentação deste primeiro dia podemos garantir que a nossa feira está atingindo todos os objetivos projetados pelos expositores. O número de lojistas no cadastramento mostra que a feira está recebendo profissionais de vários estados. Estamos observando também a movimentação nos corredores e nos estandes, muitos deles lotados. Este começo mostra um possível aquecimento de vendas em nosso segmento”,  diz o diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da feira, Frederico Pletsch.

O lojista  Francisco Rodrigues Melo, da Esposende, com 83 lojas em Pernambuco, Paraíba, Ceará, Maranhão e Rio Grande do Norte, tem a mesma expectativa de Pletsch. Afirma que a data é o grande segredo de uma feira. “Esta feira está numa data correta e é isto que está garantindo o sucesso dela. Nós precisamos de produtos para o Dia dos Namorados e as festas de São João. Agora é o momento certo de comprarmos”, salienta Melo. Para ele, a 40 Graus veio para ficar no calendário nacional de feiras do setor. 

Com 30 lojas em Aracaju(SE) e em Maceió(AL), a lojista Michelle Abys está pela primeira vez na 40 Graus. Suas primeiras impressões são de uma feira diferenciada com produtos desenhados especialmente para a população do nordeste. “Fico feliz de ver que as empresas estão dedicando sua energia para criar e produzir produtos que atendam as necessidades dos nossos consumidores. Assim, estas marcas certamente terão a preferência dos nossos clientes”, diz ela já escolhendo modelos de coleções femininas. No entanto, ela veio comprar também calçados masculinos, infantis e esportivos. “As nossas vendas estão em todos os segmentos, mas a concentração está no feminino,”enfatiza. Já Cinthya Aragão, da Eleonor Bolsas, de Fortaleza(CE), é uma frequentadora assídua dos pavilhões do Centro de Convenções de Natal. Veio em todas as três edições da feira para comprar as marcas preferidas de suas consumidoras. “Compramos muito as linhas de conforto, mas também buscamos as últimas tendências da moda. Esta é uma feira completa. Encontramos até promoções especais tanto em preços como em prazos de pagamento”, finaliza.